sábado, 17 de dezembro de 2011

Feliz Natal

Mais um ano se passou, e é chegado uma data muito importante, o dia do aniversário de Jesus; que Ele venha em nossos corações e que celebremos esse dia com muita paz e alegria como é merecedor em um dia como o dia de natal. Desejo a todos um feliz natal e que 2012 seja repleto de realizações.                         No Natal realiza-se o mistério da Encarnação de Jesus Cristo. Ele torna-se presença viva no meio de nós. Mesmo assim, não encontrou lugar para nascer. O mistério do nascimento de Jesus é o projeto do Pai, levando a história à sua plena realização.
Esta tradição da árvore de natal foi trazida para o continente americano por alguns alemães, que vieram morar na América durante o período colonial. No Brasil, país de maioria cristã, as árvores de Natal estão presentes em diversos lugares, pois, além de decorar, simbolizam alegria, paz e esperança.

O presépio também representa uma importante decoração natalina. Ele mostra o cenário do nascimento de Jesus, ou seja, uma manjedoura, os animais, os reis Magos e os pais do menino. Esta tradição de montar presépios teve início com São Francisco de Assis, no século XIII. As músicas de Natal também fazem parte desta linda festa.
O Papai Noel : origem e tradição
Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.
Foi transformado em santo (São Nicolau) pela Igreja Católica, após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.
A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos, ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Testemunho do ex pastor sidney veiga - sobre Nossa Senhora

Quero dizer a todos os meu irmãos protestantes, não apenas os da Assembléia de Deus, mas da Batista, da Quadrangular, Adventista, da Presbiteriana, Luterana, de todas, que os amo. Tenho motivos de sobra para amá-los, pois tenho três tios pastores, três cunhados pastores, dois primos pastores, um irmão pastor e minha mãe que é a diretora no instituto Teológico lá na minha cidade. Eu tenho motivos de sobra para amá-los de verdade.

Diante dessa situação, o que vou falar aqui é com muito amor e se muitos dos meus irmãos protestantes caluniam a igreja Católica é porque não tem conhecimento, continuam naquela leitura ao pé da letra. Diante dessa situação eu começo a anunciar “este sim de Maria” sofrendo as piores calúnias possíveis, onde fui muito humilhado. Se outrora cometi muitos erros falando mal da Igreja Católica, tirando muitos Católicos do Catolicismo para o protestantismo, posso dizer como disse o Apóstolo Paulo: “Fiz na minha ignorância” porque desde minha infância eu aprendi a fazer uma leitura fundamentalista da Bíblia, ou seja: uma leitura ao pé da letra.
Neste ensinamento eu fui crescendo e absorvendo uma aversão ao Catolicismo. Eu aprendi que a Igreja Católica era a grande Babilônia descrita no livro do Apocalipse capítulo 18, que o Papa era a Besta do Apocalipse detentor do nº 666. Eu tinha a missão de tirar os católicos dali porque via que eles estavam em um caminho errado. Desde o início de minha vida eu fui criado no protestantismo e minha formação foi muito rígida, minha mãe era presidente do círculo de oração, regente de Coral, professora da Escola Dominical, ela exigia muito de todos nós.
Chegou um dia que tornei-me Pastor Evangelista, depois passei a ser Pastor Titular e comecei a pregar em muitos lugares, sobretudo em rua, praças, feiras, dentro de boates, em delegacias, penitenciárias etc. Chegou o momento de ir no Estado do Amapá onde tive a oportunidade de publicar um livro chamado “A batalha de Davi e o gigante filisteu” Depois publiquei outro livro chamado “Do exílio ao poder”. A partir de então tornei-me muito conhecido, foi justamente a partir desse momento que comecei a entrar pelo Rádio, Televisão, ter uma certa influência.
Eu tinha um grande desejo de fazer um trabalho de recuperação de jovens delinqüentes na cidade de Causueine. Um dia ao chegar da Rádio Difusora de Macapá, por volta das 11:30, tinha um irmão me esperando e sabia do meu grande desejo de ir aquela cidade fazer o trabalho que mencionei. Ele me disse: “Amanhã estarei indo em um garimpo perto daquela cidade e se o senhor quiser ir, eu deixo lá. Quando eu retornar a noite, eu pego o senhor e trago de volta”. Eu disse: “Não vai dar por agora pois estou sem recursos e não tenho dinheiro para fazer isso agora”. E ele disse assim: “Mas Pastor, não é o senhor que diz que para se fazer a obra de Deus não precisa de dinheiro?” Diante daquilo eu nunca gostei de ser desafiado por nada, sobretudo para fazer alguma coisa para Deus e eu disse a ele: “Pode passar que nós vamos juntos”.
Naquele dia eu estava com R$14,00, pois tinha pago R$86,00 ao sonoplasta da Rádio Difusora. Como eu tinha que fazer um trabalho muito grande, parecia uma brincadeira ir aquela cidade apenas com R$14,00, que mesmo assim, ainda deixei com minha esposa. Chegamos as 9:30 da manhã e ele deixou-me em frente a cachoeira, próximo a entrada da cidade, para me pegar a noite.
Ao chegar, eu tinha uma idéia de ir a casa do pastos, dizer o meu projeto e com certeza eu teria cama, mesa e banho até o horário de voltar. E então eu poderia conhecer a cidade. Esse foi o meu plano, mas não sabia que o plano de Deus era outro na minha vida. E isso eu vim ter certeza quando cheguei, depois de informar-me onde era o templo da Assembléia de Deus e a casa pastoral. Ao chegar lá e saber que o pastor tinha viajado com a esposa e com a filha para uma outra cidade, fiquei apavorado e decepcionado, pois não conhecia ninguém.
Mesmo assim eu dei uma volta pela cidade de Causueine, conversei com várias pessoas, dizendo o que eu era e o que pretendia fazer naquela cidade. Por volta de 11: 30 da manhã eu já estava com muita fome, cansado, com sono e comecei a sair da cidade. Cerca de uns 200 metros, fui descansar em baixo de uma árvore, pois o carro só viria a noite e assim poderia descansar um pouco.
Naquele momento comecei a fazer um questionamento e pensei: “Meu Deus porque os seus filhos tem que sofrer tanto? A minha vida desde a infância foi nos teus caminhos, foi te servindo, foi te glorificando e vim aqui para fazer um trabalho justamente com crianças e jovens delinqüentes e eu estou aqui nesta situação com fome, sono, sem dinheiro, porquê? Porque seus filhos tem que sofrer tanto para fazer tua obra?”.
Neste momento, eu levanto a cabeça, numa distância de uns três metros estava uma mulher, morena, dos cabelos longos, com uma roupa branca que até hoje não sei dizer se era uma blusa ou saia ou um vestido. Ela disse assim: “Você está com fome?” Eu disse: “Sim, estou” Ela afirmou: “Você vai viajar”. Aproximou-se, colocou algo em minha mão direita, passou pelo meu lado esquerdo e não falou mais nada. Quando abri a mão, era simplesmente uma nota novinha de R$ 50 Reais. Ao ver aquilo eu caí de joelhos chorando. Não vi como esta mulher apareceu e desapareceu.
Enquanto eu estava de joelhos chorando, vai saindo um carro da cidade indo para Macapá. Era uma D20 de um senhor muito conhecido, o senhor Jacó. Quando ele me viu, parou o carro bruscamente e disse: “Pastor Sidney o que aconteceu?” Eu disse: “Nada” “Como não aconteceu nada? Disse ele, o senhor está chorando!”. Se for para Macapá eu lhe dou uma carona. Foi o 2º milagre que aconteceu.
Contei o que havia acontecido e ele começou a chorar, ele é católico, então me disse: “Eu sei o que é isso, mas não adianta falar essas coisas para o senhor porque eu sei que não vai acreditar nisso”.
Cheguei oito horas da noite, contei tudo para minha esposa e logo depois fui para a Igreja. Contei tudo para o Pastor Moisés, Pastor Natanael, Pastor Sebastião. Nessa altura, eu não conseguia falar sem chorar. Eles concluíram: “Foi um Anjo, foi um Anjo”.
Passaram 02 anos e logo fui visitar meus familiares passando pela cidade de Santa Isabel no Pará, onde morava meu sogro. No dia 15 de Dezembro eu saí de manhã cedo para a oração no Templo Central e as 11:30 horas da manhã, eu parei debaixo de uma árvore, pois o sol estava muito quente, para descansar um pouco e chegar então de volta na casa de meu sogro.
Bem na entrada de Santa Isabel do Pará tem a imagem de Santa Isabel de Portugal que é a Padroeira da cidade. Sentei-me e coloquei a cabeça entre os dois joelhos. Quando levantei a cabeça e olhei para aquela imagem que estava em minha frente, algo diferente estava acontecendo ali. Pela frente da imagem tinha como que um manto amarelo, como se um fogo estivesse acesso. Aquele amarelo fogo sobre a coroa da imagem tinha uma bola vermelha, parecendo com o Sol. Entre a coroa e aquela bola vermelha, tinha a letra “A”, um traço e a letra “M”. Fiquei olhando aquilo num período de cinco minutos.
Exatamente nesta mesma hora, um cunhado meu estava passando por ali e oferece uma carona em sua bicicleta. Antes de eu ir a bicicleta, eu voltei o olhar para a imagem de Santa Isabel de Portugal, mas não tinha mais nada de diferente. Estava do mesmo jeito como estava anteriormente.
Fiquei perturbado e confuso. Ao chegar na casa do meu sogro, contei tudo para minha esposa. Ela disse: “Você saiu em jejum de manhã cedo para orar, não foi?” Eu disse que sim! Ela então falou que o meu mal era fome. Disse que eu estava com fome e que tinha andado muito no sol quente e que isso fazia com que eu visse coisas.
Tomei banho, tomei café, almocei, dormi, a noite fomos a Igreja, voltamos, jantamos e dormimos. Nessa noite eu tive um sonho e neste sonho vi a mesma coisa que eu tinha visto meio dia naquela Imagem de Santa Isabel, do mesmo jeitinho eu estava debaixo daquela árvore.
Eu sempre digo que se meu cunhado não tivesse chegado naquele momento, não seria preciso o sonho, ele não tinha existido. Mas como eu fui interrompido, o sonho teve que existir porque era um complemento daquilo que tinha acontecido no dia anterior.
A mesma coisa, aquela bola vermelha. A letra “A” e a letra “M” e que como flutuando ao lado da imagem, a mulher que a dois anos atrás tinha me dado a nota de 50 Reais. E em sonho ela me deu uma mensagem dizendo: “Eu te escolhi, não temas”. Tu converterás multidões antes do grande acontecimento, encontrarás um que tudo te explicarás. Muitas lutas enfrentarás mas terá a vitória e o que tu queres não te preocupes, tudo será resolvido.
Acordei, olhei no relógio, eram 03 horas da madrugada. Chamei minha esposa, a qual acordou espantada e eu disse a ela: “Aquilo que aconteceu ontem, você disse que era fome, mas agora eu já almocei, já dormi, já jantei e aconteceu tudo isso”.
A partir desse momento eu não dormi mais. Peguei a minha Bíblia, li alguma coisa, dobrei os joelhos e fiquei orando até as seis da manhã, pedindo discernimento, pedindo que Deus me iluminasse para saber o que era aquilo. Foi exatamente que as 6 horas da manhã, quando levantei e estava convicto de procurar um Padre, porque somente um Padre poderia me explicar o que estava acontecendo.
Dias posteriores encontrei com o Padre Cláudio de Souza Barradas que me explicou muitas coisas.
No dia 17 de Dezembro de 1998, as 10 horas da manhã, dois Pastores chegaram na residência de meu sogro para conduzirem-me até São Luís do Maranhão. As 4 horas da tarde nós estávamos na cidade de Paruá já no Estado do Maranhão. Combinamos de visitar o Pastor daquela cidade. Logo que chegamos o Pastor quando viu-me disse: “Pastor Sidney, Deus mandou o senhor aqui e agora, porque estamos iniciando um trabalho hoje e o Pastor que viria fazer a pregação terminou de ligar dizendo que não poderia vir e foi Deus que lhe mandou aqui”. Eu disse: ” Não Pastor, não tem como eu ficar, nós estamos de viagem e precisamos chegar rápido a São Luís, porque amanhã tem pregação a fazer lá”. Ele disse: ” O senhor pode sair daqui cedo até as 10 horas da manhã e cedo vai chegar a São Luís, não é preciso, o senhor vai pregar aqui. Combinamos e ficamos na cidade de Paruá. Nesta noite eu fiz a pregação e foi a última vez que tirei Católicos do Catolicismo para o Protestantismo.
Na manhã seguinte, nós estávamos a mesa para tomar café, quando alguém bateu a porta. O Pastor foi atender, era um rapaz com o seguinte recado: “Pastor é para o senhor ir na casa do titio que teve um problema sério lá”. O Pastor disse assim: “Eu não posso ir porque tenho visitas”. Diante disso eu disse: “Pastor, se o senhor permitir, eu irei com o rapaz”. Ele disse: “O senhor é que sabe, contanto que o senhor esteja aqui antes de 10 horas para a viagem”. Peguei a Bíblia e acompanhei aquele rapaz. Quando chegamos ele bateu na porta e seu tio veio atender. O rapaz disse: “O Pastor que veio foi este, o outro não pode vir”. Eu entrei na casa e aquele senhor já foi logo trazendo a sua esposa. Ela estava com o corpo cheio de hematomas, inclusive o olho dela estava quase saindo do corpo. Ele disse assim: “Mandei chamar o Pastor para fazer uma oração de separação. O que o senhor está vendo aí foi muita pancada que eu dei nela, nós já havíamos discutido muito, mas nunca tinha ocorrido isso, mas hoje diante do que aconteceu eu tenho a plena convicção de que se continuarmos juntos eu irei matá-la. E para que isso não aconteça eu quero que o senhor dê uma bênção de separação, para ir abençoada para um lado e eu para outro.
Comecei a falar para eles sobre o perdão, sobre a misericórdia, a tolerância, o amor, mas no meio das minhas palavras, aquele homem interrompeu-me e disse: “Pastor, pare de falar, nós já decidimos que vamos nos separar, só queremos a sua bênção e uma oração”. Eu peguei a mão dele de um lado e a dela de outro e comecei a fazer uma oração. Em meio aquela oração eu senti que alguma coisa tinha caído sobre as minhas mãos. Ao abrir os olhos eles estavam chorando e eu prossegui aquela oração. No final daquela oração eles se abraçaram chorando e disseram que não iriam mais se separar, que eu tinha sido um Anjo de Deus enviado aquela casa para uni-los novamente. Aquele conflito tinha servido de alicerce para uma nova construção matrimonial.
Aquele foi o momento muito forte, de grande emoção, as lágrimas caíram dos nossos olhos, nós vimos porém uma manifestação da presença de Deus.
Porém, assim que terminou aquela oração, aquele homem começou a olhar atônito para os quatro cantos da sala. Ele olhou no corredor para os fundos de sua casa, ele foi até a janela, olhou para o lado direito, para o lado esquerdo, olhou para frente e quando eu vi aquela ociosidade, eu fiquei comigo dizendo: “Será que este homem está vendo algum demônio, um espírito mal?”. Então o interroguei: “Irmão o que está acontecendo?”. Ele disse: “Não Pastor, eu quero saber da mulher que estava aqui e agora não está mais”. Eu disse: “Meu irmão, a única mulher que tem aqui é só a tua que está aí”. Ele disse: “Não Pastor, tinha uma mulher”. De repente eu lembrei-me do sonho e perguntei: “Como é esta mulher?” . Ele disse: “É uma mulher alta dos cabelos longos com uma roupa branca”.
Aí foi quando pela primeira vez aquilo saiu de dentro de mim, dizendo: “Há meu irmão, eu já sei quem é esta mulher, esta mulher é Maria, é Nossa Senhora, que anda comigo para todo lugar que vou, mas ela é desse jeito. Ela aparece, resolve o problema, vai embora e me deixa sozinho”. Ele disse: “Isso é verdade Pastor?” Respondi então! ora você não viu a mulher?
Neste dia eu vi um milagre porque eles estavam para separar e de repente uniram-se novamente e estão juntos até hoje, porque em viagens que sempre fiz, eu os visitei. Pela característica que ele deu foi a mesma mulher que tinha dado a mensagem no meu sonho e a mesma que me deu a nota de 50 Reais.
Eu saí de imediato para a casa Pastoral. Ao chegar lá com os olhos um pouco avermelhados, que eu tinha também chorado lá, comecei a contar o que tinha acontecido e comecei a falar que aquilo não era Anjo como tenho dito e sim Nossa Senhora, a Maria dos Católicos. O Pastor disse assim: “A melhor coisa que fazemos é não levar mais o Pastor Sidney a São Luís, porque quando chegar lá no Estádio, no meio de tanta gente, a primeira coisa que ele vai fazer é dizer que a Maria dos Católicos apareceu para ele e vai acabar com todo nosso trabalho”. E eu iria contar mesmo! Porque o número 3 na Bíblia é um número muito forte, é uma confirmação e Nossa Senhora tinha aparecido 3 vezes até aquele momento.
Eles começaram a tratar-me com indiferença, conversavam somente entre eles, me deixando de lado. Eu disse: “A partir de agora eu não os acompanho mais. Vão a São Luís, peçam desculpas aquele povo que me esperam para a pregação” Disse Mais: “Eu estou contando para vocês, algo que aconteceu ali na casa do irmão, que ele viu e isso era para ter acontecido com o senhor, Pastor, mas o senhor deu prioridade para mim, o senhor deixou sua ovelha sofrendo, chorando, eu fui atendê-lo e aconteceu o que aconteceu. Aqui terminou a minha viagem com vocês”.
Relatei tudo ao Padre Cláudio de Santa Isabel que atendeu-me muito bem dizendo: “Não quero precipitar em nada, amanhã eu irei a Belém e se o senhor quiser, irei leva-lo aos nossos Bispos”.
Chegando lá contei tudo novamente aos Bispos a minha história e ao final eles chegaram a uma conclusão e disseram o seguinte: “Pode ter sido uma aparição de Nossa Senhora”. Dom Vicente colocou a mão no meu ombro e disse assim: “Pelos frutos conheceremos a árvore”.
Ninguém convidou-me a passar para a Igreja Católica, eu continuei sendo Pastor. Até esse momento eu tinha muitas dúvidas sobre o Catolicismo, mas um dia tive a oportunidade de tirar essas dúvidas com o Padre Cláudio. Fui fazendo muitas perguntas e ele foi respondendo tudo. Começou a dizer quem era Maria para a Igreja Católica, o que eram as imagens, o que era adoração, veneração etc. Quando ele terminou de dar todas aquelas explicações, eu já não tinha mais nenhuma pergunta. Eu disse a ele: “Puxa Padre, eu termino de saber que nem mesmo a Bíblia eu sabia ler, porque eu entendia ao pé da letra e via totalmente o contrário”. Na humildade daquele diálogo eu fui compreender o quanto eu estava errado, o quanto eu condenava, julgava e massacrava os Católicos.
Hoje eu vejo que as imagens são referencias para nós Cristãos. Elas são indicadoras, são sinalizações, são setas ao longo de uma estrada.
A placa não é para onde o condutor vai, mas está indicando o lugar para onde ele tem que ir. Hoje a Igreja venera estes Santos, segue o testemunho de vida e fé. Testemunhos que foram selados com o próprio sangue, com a própria vida.
Continuei sendo Pastor e ao chegar no Estado do Amapá e em todos os lugares que eu ia pregar, eu comecei a ensinar o “Sim de Maria”, pois não saía mais das minhas mensagens a figura de Maria, eu estava convicto do que ela era. Comecei a ver os Católicos de outra forma e lia muitos livros sobre Maria, o que era o Catolicismo e muitas outras coisas. Foi a partir daí, quando eu estava pregando esta nova mensagem, a Convenção do Ministério que eu pertencia, chamou-me para que eu fizesse uma retratação e deixasse de pregar a doutrina dos Católicos, pois senão seria afastado das funções pastorais.
Naquele momento quando deram-me a palavra, levantei e disse: Hoje estou sendo interrogado, porque estou pregando sobre o “Sim de Maria” porém quero fazer uma colocação. “Porque nós ensinamos sobre todos os homens e mulheres que a Bíblia fala, pregamos sobre Moisés, sobre Noé, Adão, Davi, Salomão, Pedro e dezenas e dezenas de outros que foram grandes homens de Deus, mas foram grandes pecadores. Muitos cometeram pecados de adultério, tiraram a vida de outros, alguns traíram o próprio Cristo e mesmo assim com os seus testemunhos de vida, nós levamos muitas pessoas a Jesus e muitas, a se converterem. Procuramos seguir o exemplo deles, porém, eles tiveram grandes falhas, grandes momentos negros”.
Eu quero dizer a vocês que estou disposto a deixar de ensinar sobre Maria com uma condição apenas. Peguei a Bíblia e ergui diante de todos eles. “Se algum dos Pastores aqui presentes me provar dentro da Bíblia um só pecado que Maria cometeu, eu não deixo apenas de falar sobre ela, mas deixo também de falar sobre qualquer outro assunto”. Neste momento fez-se um silêncio, ninguém falava. Foi quando o Pastor Édio interrompeu aquele silêncio e disse: “Pastor Sidney, o senhor sabe que nós não temos como provar isso dentro da Bíblia, mas o senhor sabe que isso é doutrina dos Católicos. Ou o senhor se retrata ou o senhor será disciplinado hoje”. Foi quando eu disse: “Se eu tenho que tomar uma decisão entre continuar ser Pastor e falar o “Sim de Maria”, pois eu deixo de ser Pastor hoje e vou continuar pregando o “Sim de Maria” que ela deu ao nosso Deus”.
A partir daí eu saí pelo corredor central, alguns ainda diziam que eu estava possuído por alguma força estranha e com isso começaram algumas perseguições. Os momentos negros vieram, começaram as calúnias, passei as piores coisas, fui agredido, apanhei na rua. O Padre da cidade me disse: “Pastor, vai embora daqui, se não alguém vai matá-lo”. Neste momento, eu fui embora para o Estado do Pará, sem ter onde morar, perdi tudo o que tinha, toda aquela projeção.
Cheguei na casa de minha mãe com minha esposa e dois filhos. Ela me disse: “Aceito você na minha casa de qualquer jeito, menos sendo Católico, porque não foi isso que lhe ensinei, a porta da rua é a serventia da casa”.
De lá mesmo eu saí sem até a benção de minha mãe. Minha esposa disse assim: ” Vamos a Santa Isabel do Pará”. Como eu tinha um cunhado que era Pastor e morava lá, eu pensei: “Minha esposa vai pedir um lugar para ficarmos alguns dias”. Ao chegar na cidade de Santa Isabel, duas horas depois desse acontecimento com minha mãe, minha esposa pediu para que eu abençoasse Jônatas e Natanael, nossos filhos, mandou que eles entrassem e na frente da casa do meu cunhado, ela disse assim: “Quando nós cometemos qualquer erro, todas as pessoas ficam contra nós, mas tem uma pessoa que nunca fica contra o filho, que é a mãe. A mãe sempre vai estar ao lado, mas você está tão amaldiçoado que nem a tua mãe ficou a seu lado e eu também não vou ficar. Aqui terminou o nosso casamento, vai embora. Viva sua vida que eu vou ver o que faço para criar nossos filhos”. Eu saí de lá chorando. Foi o fundo do poço, foi um momento muito triste, muito crucial na minha vida. Foi nesta hora que comecei a sentir o que era o amargor da vida, o que era estar sofrendo por ser Católico.
Enquanto eu viajava de Santa Isabel do Pará a Belém, no Santuário de Fátima tinha uma senhora que estava rezando o terço, coisa costumeira que ela fazia no Santuário. Enquanto ela estava rezando, escutou uma voz que dizia: “Vai a rodoviária agora porque tem um filho meu precisando de muita ajuda” E ela foi a rodoviária. Foi neste exato momento que fui desembarcando do ônibus. Naquela hora aquela mulher estava uns 5 metros na minha frente e olhava para mim e logo aproximou-se e disse: “Meu filho, eu não sei o que está acontecendo com você, mas eu quero te dizer que Maria, que é minha mãe e sua também pediu que eu viesse aqui e era para lhe ajudar no que fosse preciso.” Ela perguntou: “O que você mais está precisando?” Eu disse para ela: “Eu não tenho onde morar, eu terminei de ser expulso da minha casa por minha mãe, minha esposa terminou de separar de mim e não tenho para onde ir”.
Ela me abraçou e disse: “Meu filho, vamos para minha casa, porque você vai ficar lá, não se preocupe que tudo será resolvido”. Fui com aquela senhora e fiquei na casa dela. Depois consegui um outro lugar para ficar. Foi um outro momento muito negro da minha vida. Foi quando eu comecei a passar muita fome, não tinha roupa, creme dental, sabonete, não tinha nada.
Mas eu louvo a Deus porque neste momento, de tanta desilusão, eu sentia que a graça de Deus envolvia minha vida. Eu sentia que o amor de Maria dominava-me e era um amor muito forte, algo muito grande para fazer com que eu não desistisse, até porque a minha própria família começou neste momento, a trazer várias propostas mandando pastores até minha pessoa para eu parar neste caminho, para voltar, pois tinha Rádio, tinha Televisão, poderiam me dar uma Igreja e fazer um grande trabalho, pois eu tinha muito talento.
Eu não aceitei nada disso e passei muito tempo rezando, questionando, mas em todos esses momentos Deus me concedeu a graça de manter-me de pé.
Depois de um ano e meio que minha esposa me deixou, eu fui convidado para pregar em uma paróquia. Nesse período, apesar de minha mãe estar com raiva de mim e minha esposa ter me abandonado, eu sempre pedia a Nossa Senhora: “Se realmente tu existe, se realmente foi tu que entrastes em minha vida, faça com que minha esposa volte para mim”.
Nesta noite quando o Padre deu-me o microfone, uma Ministra da Eucaristia subiu ao Altar e disse assim: “Pastor, tem uma mulher lá fora querendo falar com o senhor. Ela disse que é sua esposa e está chorando muito”. Larguei o microfone e fui lá fora. Quando cheguei vi que era ela e estava desesperada. Perguntei: “O que aconteceu? Teve algum problema por lá?” Ela disse: “Não, eu vim aqui para te pedir perdão e dizer que quero ser Católica junta com você”.
A partir desse momento, choramos muito e agente se abraçou entrando dentro da Igreja que tinha umas 2 mil pessoas. E nesta noite que eu ia dar o meu testemunho, Deus deu-me uma unção para pregar sobre a família e aquele recinto foi tomado por uma unção do Espírito Santo muito forte. Eram muitos maridos pedindo perdão para esposas, esposas para maridos, filhos para pais e Deus tomou conta daquele lugar.
A partir desse momento, eu começo viver uma outra situação. Minha mãe pediu que eu fosse falar com ela. Eu fui um pouco retraído sem saber o que ela queria falar comigo. Quando eu fui chegando na casa de mamãe, a garagem estava aberta. Quando eu fui chegando ela vinha saindo e esse foi um dos momentos muito forte de minha vida, porque naquele mesmo lugar, onde mamãe disse que a porta da rua era a serventia da casa, quando ela me avistou entrando, ela abriu os braços chorando e disse, meu filho, me perdoa, eu te amo, eu não quero que nenhuma indiferença religiosa exista entre nós, eu te amo… eu te amo…eu te amo. Se você quiser ser Católico, se você quiser pregar na Igreja Católica, pode continuar pregando e eu quero que você saiba que sua mamãe vai estar sempre orando por você para que Deus te use sempre e sempre.
Isso foi muito forte. É assim que Deus faz, é assim que Deus trabalha. Hoje ainda temos muitos problemas, muitas dificuldades. O que aquela mulher disse-me no sonho, que eu enfrentaria muitos problemas, isso tem se cumprido a risca.
Sei que as dificuldades foram grandes e sei que muitas talvez maiores virão, mas eu tenho a plena convicção que a mesma graça que Deus e Maria concedeu-me até hoje para vencer todas as dificuldades, essa mesma graça estará na minha vida envolvendo-me para que eu supere quantas possam surgir como disse o Apóstolo Paulo: “Eu estou indo para outros lugares, eu não sei o que lá me espera, a não ser tribulações e tribulações, mas sei que Deus conceder-me-á a graça para vencer a todas elas”.
Eu sei que essa graça de Deus que tem sustentado-me nos seus caminhos enfrentando as dificuldades do dia a dia, as contradições, as rejeições, o ódio de uns, a indiferença de outros, mas eu me sinto feliz porque hoje eu tenho a plena convicção que eu faço parte da geração e da multidão daqueles que Maria mesmo disse: “Todas as nações me chamarão de Bem Aventurada”.

http://www.comshalom.org/blog/carmadelio/12413-testemunho-do-ex-pastor-sidney-veiga-comovente-e-convincente

terça-feira, 1 de novembro de 2011

ORAÇÕES AOS ANJOS DE DEUS


Oração ao anjo de Deus

Anjo de Deus, que sois a minha guarda, e a quem fui confiado por celestial piedade, iluminai-me, guardai-me, protegei-me, governai-me.
Amém.

Oração a São Miguel Arcanjo 1

São Miguel Arcanjo,
defendei-nos no combate.
Cobri-nos com o vosso escudo
contra os embustes
e ciladas do demônio.
Ordene-lhes Deus!
Instantemente o pedimos.
E vós, Príncipe da milícia celeste,
pela força divina,
precipitai no inferno o Satanás
e aos outros espíritos malignos
que andam pelo mundo
para perder as almas. Amém.

Oração a São Miguel Arcanjo 2

Príncipe Guardião e Guerreiro
defendei-me e protegei-me com Vossa espada,
não permiti que nenhum mal me atinja.
Protegei-me contra assaltos, roubos, acidentes,
contra quaisquer ato de violência.
Livrai-me de pessoas negativas.

Espalhai vosso manto e vosso escudo de proteção
em meu lar, meus filhos e familiares.
Guardai meu trabalho, meus negócios e meus bens.
Trazei a paz e a harmonia.

Que assim seja.

Oração a São Gabriel Arcanjo 1

Anjo da Encarnação, fiel mensageiro de Deus, abri nossos ouvidos, até para as mais leves admoestações e toques da graça, do Coração de nosso Senhor. Permanecei sempre conosco, nos vo-lo suplicamos, para que compreendamos devidamente a Palavra de Deus, sigamos suas inspirações e, docilmente, cumpramos aquilo que Deus quer de nós. Fazei que eu estejamos sempre prontos e vigilantes, para que o Senhor, quando ele chegar, não nos encontre dormindo.

Oração a São Gabriel Arcanjo 2

Portador das boas novas, das mudanças,
da sabedoria e da inteligência.
Arcanjo da Anunciação, trazei todos os dias
mensagens boas e otimistas.

Fazei com que eu também seja um mensageiro,
proferindo somente palavras e atos de bondade e positivismo.
Concedei-me o alcance de meus objetivos.

Que assim seja.

Oração Pelos Doentes a São Rafael

Ficai conosco, ó arcanjo Rafael, chamado Medicina de Deus! Afastai para longe de nós as doenças do corpo, da alma e do espírito e trazei-nos saúde e toda a plenitude de vida prometida por Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.

Oração a São Rafael Arcanjo

Guardião da saúde e da cura
peço que vossos raios curativos desçam sobre mim,
dando-me saúde e cura.
Guardai meus corpos físico e mental,
livrando-me de todas as doenças.
Expandi Vossa beleza curativa em meu lar,
meus filhos e familiares, no trabalho que executo,
para as pessoas com quem convivo diariamente.

Afastai a discórdia e ajuda-me a superar conflitos.
Arcanjo Rafael, transformai a minha alma e o meu ser,
para que eu possa sempre refletir a vossa Luz.

Que assim seja.

Ladainha dos Santos Anjos

Senhor, tende piedade de nós.
Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Deus Pai, Criador dos Anjos, tende piedade de nós.
Deus Filho, Senhor dos Anjos, tende piedade de nós.
Deus Espírito Santo, vida dos Anjos, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, alegria de todos os Anjos, tende piedade de nós.
Santa Maria, rogai por nós.
Rainha dos Anjos, rogai por nós.
Todos os Coros dos Espíritos Celestes, rogai por nós.
Santos Serafins, Anjos do Amor, rogai por nós.
Santos Querubins, Anjos do Verbo, rogai por nós.
Santos Tronos, Anjos da Vida, rogai por nós.
Santos Anjos da Adoração, rogai por nós.
Santas Dominações, rogai por nós.
Santas Virtudes, rogai por nós.
Santas Potestades, rogai por nós.
Santos Principados, rogai por nós.
Santos Arcanjos, rogai por nós.
Santos Anjos, rogai por nós.
São Miguel Arcanjo, rogai por nós.
Vencedor de lúcifer, rogai por nós.
Anjo da fé e da humildade, rogai por nós.
Anjo da Unção dos Enfermos, rogai por nós.
Anjo dos moribundos, rogai por nós.
Príncipe dos exércitos celestes, rogai por nós.
Companheiro das almas do Purgatório, rogai por nós.
São Gabriel Arcanjo, rogai por nós.
Anjo da Encarnação, rogai por nós.
Mensageiro fiel de Deus, rogai por nós.
Anjo da esperança e da paz, rogai por nós.
Protetor de todos os servos e servas de Deus, rogai por nós.
Guarda do Santo Batismo, rogai por nós.
Patrono dos sacerdotes, rogai por nós.
São Rafael Arcanjo, rogai por nós.
Anjo do Divino Amor, rogai por nós.
Dominador do Espírito, rogai por nós.
Anjo da cura e do alívio na dor, rogai por nós.
Auxiliador nos casos de necessidade, rogai por nós.
Patrono dos médicos, viajantes e peregrinos, rogai por nós.
Todos os Santos Arcanjos, rogai por nós.
Anjos do serviço perante o trono de Deus, rogai por nós.
Anjos do serviço prestado à humanidade, rogai por nós.
Santos Anjos de Guarda, rogai por nós.
Auxiliadores em nossas necessidades, rogai por nós.
Luz em nossas trevas, rogai por nós.
Amparo em todos os perigos, rogai por nós.
Admoestadores de nossas consciências, rogai por nós.
Intercessores perante o trono de Deus, rogai por nós.
Defensores contra o inimigo, rogai por nós.
Nossos guias seguros, rogai por nós.
Nossos mais fiéis amigos, rogai por nós.
Nossos prudentes conselheiros, rogai por nós.
Nossos modelos de obediência, rogai por nós.
Consolação no abandono, rogai por nós.
Espelho de humildade e pureza, rogai por nós.
Anjos das nossas famílias, rogai por nós.
Anjos dos nossos sacerdotes e curas de almas, rogai por nós.
Anjos das nossas crianças, rogai por nós.
Anjos da nossa terra e da nossa pátria, rogai por nós.
Anjos da Santa Igreja, rogai por nós.
Todos os Santos Anjos, rogai por nós.
Oremos:
Concedei-nos, Senhor, o auxílio de vossos Anjos e Exércitos Celestes, a fim de que, por eles, sejamos preservados dos ataques de Satanás, e, pelo Precioso Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo e pela intercessão da Santíssima Virgem Maria, Rainha dos Anjos, libertos de todos os perigos, possamos servir-vos em paz para sempre, por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Oração a São Rafael

Ó Deus, que em sua inefável bondade tem enviado o abençoado Rafael como condutor e guia de Vossos devotos em sua jornada, nós humildemente imploramos a Vós que nós possamos ser conduzidos por ele no caminho de nossa salvação e experimentar sua ajuda na cura das moléstias de nossa alma. Tudo por intermédio de Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém!

Ladainha de São Rafael

Senhor, tenha piedade de nós

Cristo, tenha piedade de nós

Cristo, graciosamente nos escutai,

Deus Pai, tende piedade de nós,

Senhor, tenha piedade de nós,

Deus Filho, redentor do mundo,

Tenha piedade de nós,

Deus Espirito Santo,

Tenha piedade de nós,

Santa Trindade e Um só Deus,

Tenha piedade de nós

Santa Maria, rainha dos anjos ,rogai por nós.

São Rafael, rogai por nós

São Rafael, cheio da misericórdia de Deus, rogai por nós

São Rafael, perfeito adorador do Divino Mestre, rogai por nós

São Rafael, terror dos demônios, rogai por nós

São Rafael, exterminador dos vícios, rogai por nós

São Rafael, saúde dos doentes, rogai por nós

São Rafael, refugio em nossas necessidades, rogai por nós

São Rafael, consolador dos prisioneiros, rogai por nós

São Rafael, alegria dos tristes, rogai por nós

São Rafael, cheio de zelo para a salvação de nossas almas,rogai por nós

São Rafael, cujo nome significa cura, rogai por nós

São Rafael, amante da castidade rogai por nós

São Rafael, acoite dos demônios rogai por nós

São Rafael, nosso protetor na peste, na fome, na guerra rogai por nós

São Rafael, anjo da paz e da prosperidade rogai por nós

São Rafael, repleto da graça da cura, rogai por nós

São Rafael, guia seguro no caminho da virtude e santificação, rogai por nós

São Rafael, socorro de todos que imploram a sua ajuda rogai por nós

São Rafael, que guiou e consolou Tobias em sua jornada, rogai por nós

São Rafael, aquele que as Escrituras saúdam, como "Rafael o santo anjo do Senhor foi enviado para curar", rogai por nós

São Rafael, nosso advogado, nos salve,

Cordeiro de Deus que tirastes os pecados do mundo,

Tenha piedade de nós,

Cristo, escutai nossas preces

Tenha misericórdia de nós.

São Rafael, rogai por nós a Nosso Senhor Jesus Cristo ,

Agora e na hora de nossa morte. Amém!

Novena a São Rafael

Glorioso Arcanjo São Rafael, grande Príncipe da corte celeste, ilustre pelos dons da sabedoria e graça, guiados que viajam por terra e mar, consolação dos miseráveis e refúgio dos pecadores, suplico-vos me assistais em todas as minhas necessidades e penas desta vida, como socorrestes o jovem Tobias nas suas peregrinações.

Já que sois remédio de Deus, peço-vos humildemente cureis a minha alma das suas numerosas enfermidades, e o meu corpo dos males que o afligem, se é que esta graça me convém. Peço-vos em particular uma Angélica pureza, para que dessa forma mereça ser o templo vivo do Espírito Santo. Amém.



domingo, 2 de outubro de 2011

Suporta as demoras de Deus


O livro do Eclesiástico diz:



“Suporta as demoras de Deus, agarra-te a Ele

e não o largues (Eclo 2,3)



O Senhor tem enorme paciência, pois está acostumado

a plantar; espera crescer, rega, capina... Se você quer o

Espírito Santo cresça na sua vida para dar frutos de amor,

paz, alegria, bondade, temperança, deixe a semente de Deus

crescer.



Bastante trigo sem casca vira pão; muita uva amassada

faz o vinho. A uva perde a casca, é socada, pisada sai de si,

é transformada em sangue de Cristo. Você não quer ser sangue?



“Pois é no fogo que o ouro e a prata são provados e, no cadinho

da humilhação, os que são agradáveis a Deus” (Eclo 2,5)



Livro: Na trilha da cura – Pe Léo.


Comprei esse livro um dos melhores livros que Pe Leo escreveu na Canção Nova



terça-feira, 6 de setembro de 2011

Sofrimento

Quando estamos em momentos de muito sofrimento sempre devemos olhar para trás e ver que tem pessoas sofrendo muito mais que nós e que nosso sofrimento seja aliviado por Nosso Senhor jesus Cristo, peça para que o Senhor ajude em seu sofrimento pois somente Ele pode te ajudar nessa caminhada rumo a casa eterna no céu.

Nossa vida é passageira aqui na terra e temos que ter cosnci~encia que Deus está vendo nosso sofrimento muitas vezes até injusto por que tem muitas pessoas que não tem noção do que fazem na vida das pessoas como aumentar muito o sofrimento delas.

Seja forte, Nossa Senhora está do seu lado para te auxiliar nesta batalha pois sua vida vale a pena. Confie nela que tudo ela fará por você.
 
Andreia Zavariz
 

terça-feira, 2 de agosto de 2011

O PROFETA JEREMIAS

...O profeta Jeremias passa por um período muito triste da história de seu povo. O exército do rei da babilônia ocupou quase todo o território de Israel e a própria capital está prestes a cair e ser saqueada. Os guias religiosos, em vez de tomarem consciência de que a situação está a beira da ruína, abençoam as decisões políticas dos governantes e dizem ao povo: tudo está bem, nada de mal vos acontecerá. Nessa situação dramática eis que surge a voz do profeta Jeremias: num discurso diante do templo de Jerusalém acusa as autoridades e desmascara suas trapaças. É difícil ser profeta, é difícil falar a verdade, é difícil ser dos primeiros a levantar a voz para denunciar as injustiças e anunciar que as coisas estão correndo mal... (retirado do folheto dominical da Diocese de Colatina da qual pertence a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora)

Comprei o filme do Profeta Jeremias pelo porta a porta da Canção Nova (http://www.cancaonova.com/) e pude ver mais ainda essa realidade que o Profeta Jeremias viveu em sua época, antes de Jesus nascer... A história se passa no início da vida profética de Jeremias e quando Babilônia dominou a terra de Jerusalém e o povo de Judá. Fica a dica, vale a pena conferir o filme pra quem quer saber mais sobre os nossos profetas bíblicos. Jeremias foi um profeta muito corajoso diante do que profetizou para o povo de Judá, e seus reis, que não acreditaram nele e logo em seguida acontecia o que o Profeta havia dito.  



sexta-feira, 15 de julho de 2011

Deus não rejeita ninguém

 Eu quero começar este momento onde o Senhor nos fala na carta aos Hebreus 3,7: "Por isso como diz o Espírito Santo: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações".

Hoje Deus falou muito com você, mas se você endureceu o seu coração repita comigo: Espírito Santo eu abro o meu coração para Jesus entrar.

Como diz a palavra, Jesus quer entrar na sua vida hoje, não sei qual é a concepção que você tem sobre Jesus, como tem muitos que tem medo até de ouvir falar em Jesus, você pode até ter medo de mim, mas não de Jesus, portanto abra o seu coração que Ele quer te falar através da palavra.



Evangelho de São Marcos 1, 40

A lepra para nós é a conhecida hanseníase, uma doença que começa na pele e atinge até os ossos. Esta era condição daquele homem, e naquele tempo qualquer doença de pele que a pessoa tivesse, era chamada de leproso.



Ninguém queria ter esse tipo de lepra e veja à que tipo de situação eram submetidos todos aqueles que estivessem com lepra.

Todo homem com lepra, era chamado de impuro, habitava sozinho e sua habitação era em cavernas afastadas, quero dizer fora da cidade. Quando um homem tinha lepra tinha que parecer um monstro, para que as pessoas soubessem que ele tinha lepra.



Imagina se eu aparecesse rasgado, de cabeça baixa eu gritasse impuro, vocês teriam por obrigação sair correndo. Porque eu tinha que ficar só, porque na cabeça deles eu não podia contagiar ninguém, imagine eu na solidão.







Imaginem quantos casados que vivem solitários, ou os filhos que vivem sozinhos, eram o mesmo que sentia o leproso. Talvez você já tenha se sentido assim na sua paróquia, no seu grupo, caluniado, e a tendência é você ficar sozinho até que a situação se resolva. Quanta gente vive nesta situação, a sociedade tem feito isso. Passando o dia só, sem poder falar para ninguém dos seus problemas porque ninguém o quer ouvir.



Eu não sei que tipo de lepra você tem, talvez você tenha sido desprezado por aqueles que te rodeavam; mas esta era a situação do leproso. Mas ele ouviu falar de um Homem diferente, este homem, andava com os pecadores, com os de má fama, e quando ele ouviu falar que este Homem fazia tudo isso ele correu atrás.



Algumas pessoas até dizem que Jesus não te quer, por isso você então quer desistir da sua vida. Jesus era tão bom que as pessoas ficavam atrás d’Ele, e ele tinha que gritar, e ele passou no meio de todo mundo, ele reconheceu que ele não era um homem qualquer, e era a única pessoa que podia tirá-lo daquela situação.



Talvez você já tenha procurado todo mundo e só levou porta na cara. Mas diga comigo: “Jesus meu salvador não me despreza”. É verdade Jesus jamais te desprezará, Ele não despreza ninguém. Esta é a oração que você tem que fazer para Jesus.



Você acha que Deus quer você nesta situação que você está? Talvez você ainda não correu atrás d’Aquele que pode te curar. Jesus compadeceu-se dele e lhe estendeu a mão. Mas aqueles que se aproximam de Deus, ele faz aquilo que ninguém daquele tempo fazia, Ele toca. O Senhor toca, Ele não diz saia daqui você é um leproso, você abortou não quero saber de você... Ele quer pegar os solitários, é assim que Jesus faz com os seus.



Muitas pessoas pensam que Jesus despreza, mas não, Ele consola o pecador o leproso, o maldito, Ele toca em você na condição em que você está vivendo. Deus te vê, e não é indiferente a sua dor, Deus te entende.
-------------------------------------------------------------
Padre José Augusto
Padre da Comunidade Canção Nova

sábado, 11 de junho de 2011

O que fazer diante do Sofrimento imenso?

O que fazer quando ficamos perdidos em tantos sofrimentos e naufragamos neles sem ver saídas,

recomeçar tudo outra vez.

Escrever uma página nova em nossa vida, virar a página e deixar quem nos faz sofrer de lado,

não dar importância a essas pessoas,, elas não sabem o que fazem como disse Jesus.

Confie em Deus e continue a caminhar.




sábado, 7 de maio de 2011


O Mês de maio é muito importante para mim, pois é neste mês que comemoro o meu aniversário, e também temos o dia de Nossa querida Padroeira Nossa Senhora Auxiliadora.  Por isso vale apena ver um pouco da história de Nossa Senhora Auxiliadora:


A festa de Nossa Senhora Auxiliadora só foi instituída em 1816, pelo Papa Pio VII, a fim de perpetuar mais um fato que atesta a intercessão da Santa Mãe de Deus: Napoleão I, empenhado em dominar os estados pontifícios, foi excomungado pelo Sumo Pontífice. Em resposta, o imperador francês seqüestrou o Vigário de Cristo, levando-o para a França. Movido por ardente fé na vitória, o Papa recorreu à intercessão de Maria Santíssima, prometendo coroar solenemente a imagem de Nossa Senhora de Savona logo que fosse liberto.


O Santo Padre ficou cativo por cinco anos, sofrendo toda espécie de humilhações. Uma vez fracassado, Napoleão cedeu à opinião pública e libertou o Papa, que voltou a Savona para cumprir sua promessa. No dia 24 de maio de 1814, Pio VII entrou solenemente em Roma, recuperando seu poder pastoral. Os bens eclesiásticos foram restituídos. Napoleão viu-se obrigado a assinar a abdicação no mesmo palácio onde aprisionara o velho pontífice.

Para marcar seu agradecimento à Santa Mãe de Deus, o Papa Pio VII criou a festa de Nossa Senhora Auxiliadora, fixando-a no dia de sua entrada triunfal em Roma.
O grande apóstolo da juventude, Dom Bosco, adotou esta invocação para sua Congregação Salesiana porque ele viveu numa época de luta entre o poder civil e o eclesiástico. A fundação de sua família religiosa, que difunde pelo mundo o amor a Nossa Senhora Auxiliadora, deu-se sob o ministério do Conde Cavour, no auge dos ódios políticos e religiosos que culminaram na queda de Roma e destruição do poder temporal da Igreja. Nossa Senhora foi colocada à frente da obra educacional de Dom Bosco para defendê-la em todas as dificuldades.

0RAÇÃO - " Ó Maria, Virgem poderosa,


Tu, grande e ilustre defensora da Igreja,

Tu, Auxílio maravilhoso dos cristãos,

Tu, terrível como exército ordenado em batalha,

Tu, que só destruíste toda heresia em todo o mundo:

nas nossas angústias, nas nossas lutas, nas nossas aflições, defende-nos do inimigo;

e na hora da morte, acolhe a nossa alma no paraíso.
Assim seja.





Fotos: Nossa Senhora Auxiliadora de Marilândia-ES - essa linda imagem foi restaurada pela UFES a alguns anos atrás, pois é de madeira e muito delicada.
 

sábado, 16 de abril de 2011

Dá-me teu coração ferido

Ao estar Marija (Maria) uma das videntes de Medjugorje em oração ela viu três rosas, a primeira era uma rosa linda cheia de vida, ela ficou feliz, a segunda era uma rosa murcha sem vida ela ficou triste, e a terceira caiu uma gota sobre a rocha murcha e a rosa reviveu, e voltou a ficar cheia de vida.
Marija perguntou a Nossa Senhora o significado disso, ela respondeu que o nosso coração é como uma flor, quando pecamos ficamos murchos e quando confessamos os nossos pecados retornamos a vida, por isso é importante a confissão.
do livro: dá me teu coração ferido de Pe Slavko.
 

sábado, 5 de março de 2011

Nada é por acaso

Deus une as pessoas de maneiras que nem imaginamos. Como nada é impossível para Deus, Eele pode estar agindo na sua vida, unindo amigos, colocando pessoas em seu caminho, do qual você nem imaginaria que pudessem entrar na sua vida.

Muitas vezes pode estar usando você para mudar as pessoasque estão no seu caminho, para transformar determinadas situações. Tudo Deus tem um propósito, nada é por acaso, nada vem ao acaso, tudo tem o porque das coisas.

Podemos achar impossível que Deus esteja trabalhando em detalhes tão pequenos em nossa vida, uns minutos a mais no banco, na Igreja, na rua, ao conversar com alguém, tudo Deus tem um propósito, e depois, muito tempo depois vemos a ação de Deus em nossa vida naqueles instantes passados. Tudo é aproveitado, cada minuto, cada palavra, cada atitude, em tudo Deus está agindo a nosso favor.


Ao lado coloquei uma foto do frade da pedra do frade e a freira em Cachoeiro de Itapemirim ES ao voltar de uma viagem. Admiro muito esse lugar porque é tão perfeito o desenho das pedras que se parecem com o frade e a freira, de onde eu estava somente dava para tirar a foto do frade pois estava voltando, na ida dá para ver claramente a freira também (se você pesquisar no google você encontra essas duas pedras incríveis formando o desenho muito parecidos com frade e uma freira. O frade nos remete a um pensamento reflexivo, nos faz ficar refletindo sobre as coisas que vivemos e passamos.

Andreia Zavariz

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O mundo das Favelas

É a pobreza exposta a céu aberto
e Deus parece estar tão perto
quando a gente menos imagina
Deus olha pra essa gente.
Gente marcada por sofrimento
que sobrevive no meio do quase nada
um quase nada que faz viver
pessoas cheias de esperança
pois Deus os ama e os ampara
mesmo que eles não veem
pobreza exposta a céu aberto
um mundo desigual e futuro incerto
um mundo injusto criado pelo homem.

Andreia Zavariz

sábado, 8 de janeiro de 2011

Certa vez recebi um e-mail de alguém criticando muito os sacerdotes, falando que muitos dels poderiam estar no purgatório. Pensando no que havia lido refleti e resolvi então simplesmente apagar aquele e-mail. Tempos depois encontrei no trabalho uma bela oração que suplicava pela alma dos sacertodes, tanto os que me dão a alegria de poder receber a comunhão pelo corpo e sangue de Cristo e pelos que agonizavam em seus sofrimentos de diversas formas, inclusive pela doença, resolvi levar essa oração para casa e rezar então pelos sacerdotes, filhos prediletos de Nossa Senhora como diz o Pe Stefano Gobbi, nas mensagens que recebeu de Nossa Senhora. Postei aqui uma pequena oração pelos sacerdotes para que eles sejam sempre lembrados em nossas orações e que possam sempre levar Jesus as pessoas. Não se deve criticar e sim rezar por eles, e ter um certo zêlo por eles pois da mesma forma que queiramos que eles tenham para com o povo de Deus devemos ter com eles. Rezem pelos sacerdotes de suas paróquias ou Igrejas:

Oração pelos Sacerdotes


Senhor Jesus, presente no Santíssimo Sacramento do Altar, que vos quisestes perpetuar entre nós por meio de vossos sacerdotes, fazei com que suas palavras sejam somente as vossas, que seus gestos sejam os vossos, que sua vida seja o fiel reflexo da vossa.
Que eles sejam os homens que falem a Deus dos homens e falem aos homens de Deus.
Que não tenham medo de servir, servindo a Igreja como ela quer ser servida.
Que sejam homens, testemunhas do eterno nosso tempo, caminhando pelas estradas da história com vosso mesmo passo e fazendo o bem a todos.
Que sejam fiéis aos seus compromissos, zelosos de sua vocação e de sua entrega, claros reflexos da própria identidade e que vivam com alegria o dom recebido.
Tudo isso vos peço pela intercessão de vossa Mãe Santíssima: ela que esteve presente em vossa vida, esteja sempre presente na vida dos vossos sacerdotes. Amém

AMOR A VIDA

A VIDA É UM PRESENTE DE DEUS, QUE DEVE SER BEM VIVIDA, NÃO DIGO APROVEITAR A JUVENTUDE, JUVENTUDE PASSA E FICA SÓ VOCÊ. MAS DIGO VI...